terça-feira, 8 de maio de 2012

Tabaco



O hábito de fumar é um dos maiores problemas de saúde pública do mundo, sendo responsável por inúmeras complicações de saúde, entre elas:
  • Câncer de pulmão (90% dos casos), de boca, de laringe, de esôfago, entre outros;
  • Bronquite (85% dos casos), enfisema pulmonar e outras infecções respiratórias;
  • Doenças cardíacas (45% dos casos) e acidente vascular cerebral (25% dos casos);
  • Impotência sexual;
  • Complicações na gravidez;
  • Envelhecimento precoce.
Além disso, o tabaco contém mais de 4.700 substâncias tóxicas, que afetam a saúde não somente de quem fuma, mas também a dos fumantes passivos, aqueles que inalam a fumaça do tabaco.

Os tratamentos para o tabagismo variam de acordo com o estado de saúde, o estilo de vida e as características emocionais de cada fumante, e podem basear-se em uma ou mais das opções a seguir:
  • Gomas de mascar de nicotina;
  • Adesivos de nicotina, que são fixados à pele e liberam nicotina no sistema circulatório;
  • Sprays de nicotina, que jogam vapor de nicotina na boca e na gaganta;
  • Tabletes sublinguais de nicotina;
  • Psicoterapias de apoio;
  • Tratamentos medicamentosos (à base de comprimidos).
Muitos são os motivos que levam uma pessoa a fumar, e este vício é adquirido rapidamente, aumentando com a dependência causada pela nicotina, substância que oferece sensação de prazer e bem estar, por isso, a motivação e a força de vontade são importantes.
Ao decidir para de fumar, procure ajuda especializada e informe-se sobre a maneira mais eficaz para o seu tratamento, o médico o orientará e acomapanhará o seu tratamento.

Lembrando:
Dia 31 de maio - Dia Mundial sem Tabaco.

Pare de fumar, faça isso por VOCÊ!

by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte: INCA (Instituto Nacional do Câncer)



Nenhum comentário: