quarta-feira, 2 de maio de 2012

A evolução da camisinha





Ao contrário do que se pensa, a camisinha é uma invenção muito antiga e foi evoluindo com o tempo. No começo, ela era feita de linho, pele e materiais vegetais e ela começou a ser usada pelos egípcios como um envoltório sobre o pênis em 1300 a.C.
No século II a.C. os romanos acreditavam que as doenças sexualmente transmissíveis eram castigos enviados pela deusa do amor, Vênus, por isso o nome "doenças venéreas". A partir daí, os romanos começaram a usar esse envolvtório para se protegerem das doenças e eles eram produzidos a partir de intestinos de cordeiros e bexigas de cabra.
Em 1564, o italiano Gabriel Fallopius inventou um saco de linho, que era colocado sobre o pênis de seus pacientes para protegêlos de doenças e para impedir que as mulheres engravidassem. O italiano fez muito sucesso e sua invenção ficou muito conhecida e passou a ser usada. Em 1685 o envoltório recebeu o nome de Condom na Inglaterra e passou a ser feito de intestino de cordeiro e lubrificado com óleo de amêndoas. Em 1700, começaram a produdir o envoltório com intestino de peixe, carneiro e outros animais com o intuito de deixá-las mais finas e menos incômodas.
No início do século XVIII, nasce em Londres, a primeira loja de preservativos, agora feitos com intestino de carneiro ou cordeiro e com uma novidade, produzidas com aromatizantes florais e eram feitas sob encomenda.
Em 1843, os preservativos começaram a ser produzidos com borracha pela Hancock e Goodyear, eles eram pouco aderentes, irregulares e muito caros, por isso eram usados várias vezes, até que na década de 90, inventou-se o látex, que deu ao preservativo um aspecto mais fino e mais confortável.
Em 1960, a camisinha deixa de ser usada por causa da invenção da pílula anticoncepcional, o que foi um grande erro, porque a camisinha não deveria ser vista desta forma, somente para impedir a gravidez, então, em 1990 a camisinha volta a ser usada por causa da epidemia de AIDS.

Camisinha. Se for transar, "use" e "abuse dela", mas nunca abuse da sorte. Cuide-se e cuide bem do seu parceiro(a).

by Mari Martins
Imagem by Google


Nenhum comentário: