quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Cancro Mole - DST


O Cancro Mole é uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) e ocorre mais frequentemente nas regiões tropicais. Apresenta lesões múltiplas ou única, tipo úlceras, normalmente são dolorosas, de borda irregular,  com contornos eritemato-edematosos e fundo irregular, cobertas por exsudato necrótico, amarelado e de odor fétido, que quando removido revela tecido de granulação que apresenta sangramento fácil quando submetidos a traumatismo.
No homem, as localizações mais frequentes são no frênulo e no sulco bálano prepucial; na mulher, na fúrcula e na face interna dos grandes lábios. No colo uterino e na parede vaginal, podem aparecer lesões que produzem sintomatologia discreta.
A DST também é chamada de Cancro de Ducrey, cancróide e cancro venéreo simples. O agente etiológico é o Haemophilus ducrey e o principal reservatório é o homem. O período de incubação é de 3 a 5 dias, podendo atingir 14 dias. O período de transmissibilidade pode ser de semanas ou meses quando na ausência de tratamento e enquanto durarem as lesões. Com antibioticoterapia, 1 a 2 semanas. O risco de infecção em um intercurso sexual é de 80%.

O tratamento se dá pela antibioticoterapia e o paciente deve permanecer em abstinência sexual até o desaparecimento total das lesões. O parceiro (a) também deverá ser tratado (a), independentemente do aparecimento de lesões.

A higiene corporal é muito importante para manter-se saudável e o uso de preservativos também. Use camisinhas nas relações sexuais.

by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte de pesquisa: Doenças Infecciosas e Parasitárias - Guia de Bolso - 8ª Edição revista

Nenhum comentário: