quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Fraturas em idosos


 
Um estudo realizado pelo British Medical Journal, afirma que existe uma clara relação dose-dependente entre o risco de fraturas e o tratamento com Levotiroxina em idosos. Doses mais altas estão associadas a um risco duas a três vezes maior de fraturas do que as mais baixas.
O estudo diz que as concentrações do hormônio  tireoestimulante (TSH) devem ser monitoradas regularmente, e a suspensão do TSH deve ser evitada.

by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte: Consulta Prima


Nenhum comentário: