quarta-feira, 18 de abril de 2012

Flor de Fim



Flor de Fim

Como Saber?
Se a tristeza é breve
se a alegria é forte
se a paz é leve.
Se a fé rebrota
no inverno gris.
Se teus dedos
na madrugada
fazem meu fim.
Como saber?
Entender tua cor.
Como saber?
Se já não sou.
Como não ser?
Se nós somos flor...

Poema by Leila Krüger
Foto by Mari Martins



Nenhum comentário: