quinta-feira, 19 de abril de 2012

A Centenária USP





100 anos da Faculdade de Medicina da USP


A instituição está entre as melhores do mundo e tem o vestibular mais concorrido do Brasil, além de ao longo de sua história, ter sido pioneira na implantação de novas técnicas, que representaram avanços científicos na área médica e permitiram salvar milhares de vidas - a exemplo do primeiro transplante de rim da América Latina, em 1965.


As conquistas da pioneira:

  • 1965 - Primeiro transplante de rim da América Latina;
  • 1968 - Primeiro transplante de fígado do continente sul-americano;
  • 1968 - Primeiro transplante de coração da América do Sul e segundo no mundo;
  • 1988 - Primeiro transplante intervivos de fígado do mundo;
  • 1989 - Primeiro transplante de fígado em criança;
  • 1990 - Inauguração do primeiro centro de ressonância magnética público do país;
  • 1991 - Nascimento do primeiro bebê de proveta em hospital público do país;
  • 1993 - Cirurgia inédita na América Latina, com implantação de um ventrículo artificial desenvolvido e fabricado no país;
  • 1994 - Desenvolvimento de uma proteína artificial, capaz de atacar células cancerosas sem afetar células normais;
  • 1994 - Primeiro implante coclear do país em paciente com surdez profunda;
  • 1994 - Criado primeiro ambulatório do país para tratamento de distúrbios obsessivos compulsivos;
  • 1995 - Transplante cardíaco realizado no mais jovem paciente do país, um bebê de 20 dias;
  • 2005 - Inaugurado o mais completo centro de hidroterapia do país;
  • 2007 - Primeiro hospital público do país a contar com equipamento de Neuronavegação;
  • 2010 - Primeiro hospital público do país a fabricar radiofármacos;
  • 2011 - Inaugurado o Centro de Investigação Translacional em Oncologia, maior na América Latina.
  •  
No ano passado, a FMUSP passou a ser a primeira escola médica da América do Sul a integrar a M8 Alliance, uma rede global de instituições acadêmicas de excelência em ensino e pesquisa, que auxilia decisores políticos, econômicos e da sociedade civil a desenvolver soluções baseadas na ciência para melhoria da qualidade de vida nos cinco continentes.

O aniversário de centenário da USP será no dia 19 de dezembro próximo, mas as ações comemorativas deverão acontecer durante todo ano.


Parabéns à USP pelos 100 anos de dedicação e, aos seus 18 mil funcionários que ajudam isso tudo acontecer anualmente:
  •  1.5 milhões de atendimentos ambulatoriais;
  • 260 mil atendimentos de emergência;
  • 40 mil cirurgias;
  • 10 milhões de exames laboratoriais;
  • 1.6 milhões de procedimentos de diagnóstico por imagem;
  • 2.200 transplantes
  •  
by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte: Revista da APM
 
 
 



Nenhum comentário: