quarta-feira, 14 de março de 2012

Tipos de adoçantes




Você sabe quais são os tipos de adoçantes existentes no mercado e as diferenças entre eles?

Há dois grandes grupos de substitutos do açúcar: os naturais e os artificiais. Acompanhe abaixo suas principais características e diferenças.

Adoçantes Naturais:
  • Frutose - 1,8 vezes superior ao açúcar refinado (sacarose) - 4 cal./g - De frutas e mel, seu consumo por diabéticos deve ser moderado.
  • Esteviosídeo - 300 vezes maior do que o açúcar - 0 cal./g - Extraído das folhas da herbácea estévia, era empregado por índios do Paraguai e do Brasil. Hoje é usado em produtos dietéticos.
  • Sorbitol - metade do poder adoçante do açúcar - 2,4 cal./g - Encontrado em frutas e algas. É utilizado em combinação com outros adoçantes para conferir consistência aos produtos.
  • Mabitol - adoça 25% menos que o açúcar - 2,4 cal./g - Presente em vegetais e algas, é usado em composição com outros adoçantes.

Adoçantes Artificiais:
  • Sucralose - 600 vezes mais doce que o açúcar - 0 cal./g - Obtido da molécula da sacarose. Resiste a altas temperaturas. É usada em gelatinas, pudins, sucos, sorvetes, molhos, bebidas não-alcoólicas, produtos lácteos e adoçantes de mesa.
  • Sacarina de Sódio - 200 a 300 vezes mais doce que o açúcar - 0 cal./g - Derivado do petróleo. Foi o primeiro adoçante sem calorias descoberto. Entra na composição de diversos produtos.
  • Aspartame - 200 vezes mais doce que o açúcar - 4 cal./g - Feito por aminoácidos (fenilalanina e ácido aspártico), tem sabor muito similar ao açúcar e é muito procurado.
  • Ciclamato de Sódio - 300 vezes maior do que o açúcar - 0 cal./g - Derivado do petróleo. É combinado com a sacarina na fabricação de alimentos e adoçantes.
  • Acessulfame-K - 180 a 200 vezes mais doce que o açúcar - 0 cal./g - Derivado do potássio. É utilizado na fabricação de pães, bebidas e produtos lácteos.
Obs: Com excessão da Frutose, os demais têm o uso indicado para diabéticos.

by Mari Martins
Imagem by Google



Nenhum comentário: