terça-feira, 20 de março de 2012

Causa e desenvolvimento do Câncer de Ovário



O câncer de ovário é um grupo de doenças com etiopatogenias diferentes. O mais frequente e também o mais grave é o carcinoma, que corresponde a aproximadamente 80% dos casos. Durante muito tempo procurou-se, sem sucesso, encontrar a lesão inicial do câncer do ovário, ou seja, a doença pré-invasiva ou carcinoma in situ. Essa já é bem conhecida em outros órgãos, como colo do útero, vagina, vulva e endométrio, porém não no ovário. Nos últimos anos, entretanto, grande quantidade de estudos identificaram a lesão intraepitelial do carcinoma seroso.
A grande suspresa dos estudos é que essa lesão encontra-se na parte terminal das fímbrias tubáricas. Dessa forma, as evidências mostram que o carcinoma seroso até recentemente considerado o principal tumor maligno do ovário é na verdade uma doença secundária, cuja origem está nas tubas uterinas.

Prevenção:
A forma mais efetiva de prevenção primária é a remoção das tubas uterinas nas pacientes de alto risco. A inibição da ovulação com o uso de anovulatórios orais por período superior a cinco anos também tem impacto na redução da incidência de câncer de ovário.

by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte de pesquisa: Revista SOGESP - Jan/Fev/2012


Nenhum comentário: