quinta-feira, 29 de março de 2012

Mononucleose. A doença do beijo!




Anda beijando muito por aí? Tome cuidado, pois a saliva é um dos veículos de eliminação do vírus da mononucleose, também conhecida como a doença do beijo.

A mononucleose costuma acometer os adolescentes, quando despertam para a vida sexual. Provoca febre, enfartamento dos gânglios do pescoço e das axilas, comprometimento do fígado e do baço, entre outros sintomas. É preciso tomar muito cuidado, pois o mesmo vírus que provoca a mononucleose, em algumas pessoas mais susceptíveis, pode provocar doenças malignas…

O vírus responsável pela doença é o Epstein-Barr, da família Herpesviridae, transmitido pela saliva contaminada num contato íntimo entre as pessoas. Ele excepcionalmente pode ser transmitido por transfusão de sangue, e mais excepcionalmente ainda, por via transplacentária, se a gestante adquirir o vírus durante a gravidez.
O diagnóstico pode ser feito por um exame de sangue específico. O tratamento é fundamentalmente sintomático, visando ao alívio dos sintomas e a combater a febre e a dor de garganta. O repouso é fundamental, até que o exame clínico, deixe claro que o baço voltou à normalidade.

by Mari Martins
Imagem by Google




Um comentário:

CRISTINA disse...

obrigada querida..mto bom saber..