terça-feira, 17 de julho de 2012

Vacinas contra o HPV



VACINAS CONTRA O HPV

HPV é o vírus papiloma humano, que causa doença sexualmente transmissível. Esta doença favorece o aparecimento de câncer do colo uterino. Existem vários tipos do HPV. O HPV 16 é o responsável pela maioria dos cânceres do colo do útero, seguido pelo HPV 18. Os HPVs 6 e 11 são responsáveis por 90% das verrugas genitais. Existem duas vacinas preventivas disponíveis contra o HPV: Gardasil, também conhecida por Silgard, do laboratório Merck Sharp; Dohme e Cervarix da GlaxoSmithKline. Como essas vacinas não têm o material genético do vírus, são inócuas, não tendo capacidade infectante, nem replicativa e nem oncogênica. A função dessas vacinas é prevenir a infecção primária ou persistente do HPV e prevenir as lesões pré-invasivas e o câncer cervical. A Gardasil é quadrivalente e previne contra 4 tipos de HPVs: 16 e 18 (de alto risco); 6 e 11 (baixo risco). Visa à prevenção em mulheres entre 9 e 26 anos de idade. É administrada, via intramuscular, em três doses. A Cervarix é uma vacina bivalente contra os HPVs 16 e 18, para mulheres entre 10 e 25 anos de idade e, também, administrada em três doses. Segundo artigo do dr. Cleomenes Barros Simões, do volume 15 da revista Diagnóstico e Tratamento da AMB, existem uma série de questões pendentes de resolver antes de promovermos uma introdução efetiva de um programa de vacinação contra o HPV: Não sabemos o preciso mecanismo de proteção da vacina; Não sabemos como proceder no futuro em relação às doses de reforço; Não sabemos qual o real tempo de duração da imunidade; Não sabemos sobre a eficácia e a segurança da vacina em homens e em pacientes imunossuprimidos; Desconhecemos se essas duas vacinas podem ser complementadas (se a pessoa que iniciou a dose de uma poderá terminar com uma dose da outra); Não está demonstrada a eficácia em mulheres não virgens; A eficácia e a segurança não têm sido estudadas em jovens menores de 15 anos. Portanto, por enquanto, devemos ter prudência e precaução para utilização dessas vacinas.


Coluna Saúde da Mulher - assinada pela Dra. Elaine K. Vasconcelos - Ginecologista, Obstetra e Mastologista - CRM: 101324.
Imagem by Mari Martins






2 comentários:

Maria Nazaré Freitas disse...

Excelente,e esclarecedor artigo para nós leigos.
Parabéns Dra. Elaine,pelo maravilhoso artigo.
Maria Nazaré Freitas.

Anônimo disse...

Parabens Dra. Elaine, pelo seu maravilhoso artigo.
Maria Tereza.