terça-feira, 3 de julho de 2012

Ácido Fólico no pré-natal reduz risco de atraso na linguagem aos 3 anos



A suplementação oral com ácido fólico antes da concepção e no início da gestação reduz pela metade o risco de deficiência grave no desenvolvimento da linguagem da criança aos 3 anos de idade.
A conclusão é de um estudo observacional prospectivo publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA).
No estudo, foram coletados dados de 38.954 crianças cujas mães faziam parte de uma coorte observacional. Além de coletar dados prospectivamente sobre o uso de suplementação com ácido fólico, os autores enviaram às mães questionários sobre o desenvolvimento da criança até os 3 anos de idade.
No total, 0,5% das crianças apresentaram aos 3 anos uma deficiência grave na linguagem (linguagem limitada a uma palavra ou a sons incompreensíveis).
Entre as 9.052 mulheres (24% do total) que não tomaram ácido fólico nas quatro semanas anteriores à gestação e nas oito primeiras semanas da gestação, a taxa de crianças com deficiência grave na linguagem foi de 0,9%.


by Mari Martins
Imagem by Google
Referência: Roth C, Magnus P, Scholberg S et al. Folic Acid Supplements in Pregnancy and Severe Language Delay in Children. JAMA 2011;306:1566-73




Nenhum comentário: