terça-feira, 22 de junho de 2010

O desafio

O excesso de competição entre as pessoas, na vida profissional, na vida pessoal, nas relações de amizade, familiares e afetivas estão tornando a vida cada vez mais difícil. Tudo hoje acontece num ritmo enlouquecedor e se não pararmos para observar o que isso está causando, com certeza o desafio de reestruturar tudo será algo assustador. 
Nós não somos robôs, nem máquinas de automação, temos vontade própria, então por que não reagir a essa conduta viciante que nos cerca por todos os lados? Ao nos comunicarmos podemos ser positivos, mesmo querendo ser práticos e objetivos podemos ter tato, podemos realmente olhar as pessoas nos olhos ao conversar, podemos tomar decisões "com tempo", essa mania de "urgência" só provoca angustia. A vida não é uma "urgência", é para ser vivida com calma, elaborando cada passo a ser dado e escolhendo a melhor direção, às vezes cometeremos erros e às vezes acertaremos, o que não podemos fazer é agir por impulso ou sermos sugestionáveis, é preciso ser consciente, é preciso olhar para si, entender-se, conhecer-se para saber o que é melhor, mais aceitável e inclusive o que é mais saudável a se fazer.

by Mari Martins

12 comentários:

Nilda disse...

Eu confessor que às vezes sou levada pela competição,mas quando percebo, para e olho se realmente e isto que quero. Muitas vezes nem é aquilo que realmente quero, mas sou levada por "querer me destacar, ser a melhor. Vivo num ambiente assim, tenho que olhar para as pessoas como se fossem todos inimigas. É horrível isso.
Beijos!! Sua reflexão é, deveras, importante.

Jucifer disse...

Realmente viver é um dos nossos maiores desafios, tentar provar como tu falaste q naum somos maquinas.
parabens pelo post
bjo grande

Cecília disse...

Mari,não acredito que viver seja dificil,nós que dificultamos,pois ficamos procurando literalmente pêlo em ovo,não aceitamos que o outro pode ser melhor do que nós em algo,por essa razão nasce o despeito,inveja e toda sorte de sentimentoa negativos,e que só fazem mal a quem o sente,dificultando assim a vida.
Bjos

Senhor da Vida disse...

Perfeito, se me autorizares gostaria de por no meu perfil do orkut, pois e meu lema, nada de estress.Abs!

Jackie Freitas disse...

Mari, minha linda!
Adorei a sua reflexão. Infelizmente minha amiga, vivemos numa arena onde pessoas entram em combate por espaços, conquistas e notoriedade, passando por cima de sentimentos e valores...O respeito foi-se há muito tempo. Temos urgência em viver porque o tempo não mais nos pertence...O tempo hoje não é mais para o desfrute e o deleite das belezas da obra divina...o tempo hoje virou compromisso e a nossa vida uma simples agenda...
Triste, mas é fato.
Grande beijo, queridona!
Jackie

Mari Martins disse...

Oi Nilda, realmente é complicado, vira um vício. Mas é preciso ter equilíbrio.
Beijos e até mais.

Mari Martins disse...

Oi Jucifer, concordo com você.
Beijos e até mais.

Mari Martins disse...

Oi Cecília. Nós dificultamos porque falta bom senso e equilíbrio, mas tudo é passível de mudança.
Beijos e até mais.

Mari Martins disse...

Oi Senhor da Vida, está autorizado, mas quero meus créditos, hein?! Em negrito, rs.
Beijos e até mais.

Mari Martins disse...

Ai Jackieeee. Vamos fazer e pensar diferente então, pelo menos hoje, rs.
Beijos e até mais.

clau disse...

Oi Mari, seu blog é muito interessante, seu ponto de vista sobre as coisa, sobre a vida é muito inteligente, consegui refletir um pouco e ver que apesar das diferenças aparentes somos na verdade todos iguais, obrigada amiga pelas palavras em meu blog, agora sua seguidora também, bjks!!!

Mari Martins disse...

Obrigada Clau e fico contente que o que escrevo sirva para que as pessoas reflitam.
Beijos e até mais.