quinta-feira, 24 de junho de 2010

Velhos Festivais de Música

De 1965 à 1985 o Brasil teve vários festivais de música em seu calendário cultural, esses festivais nos apresentaram talentos maravilhosos, alguns ainda estão entre nós e outros já fizeram a passagem, mas o que me intriga, é o fato desses festivais de alcance nacional não serem mais realizados. 
Se fizermos uma busca na internet, veremos que vários festivais regionais ainda são realizados, nos "interiores" do nosso Brasil, se eles continuam existindo em pequena escala, por que não continuar realizando em grande escala, fazendo uma peneira desses talentos que custam a conseguir uma oportunidade nas gravadoras? 
O mercado musical mudou muito, inclusive com relação a tecnologia, hoje, muita gente nem compra CD'S, compra uma ou duas músicas de determinado artista por mp3, as gravadoras "selos" independentes tiveram que surgir pois a demanda exigia, como citei acima, é muito difícil conseguir um contrato hoje em dia com uma gravadora de grande porte, então novas formas de difundir a música tiveram que ser implementadas.
Para se conhecer um novo intérprete ou um novo compositor hoje em dia, temos que contar com a boa vontade de artistas já consagrados que queiram nos apresentar algo novo, mas muitos preferem gravar nomes já conhecidos, então a possibilidade de aparecer gente nova no mercado musical é pequena. Quanto tempo leva para aparecer alguém bom e que consiga permanecer no mercado, você faz idéia? Anos e anos!
Será que a cultura musical mudou tanto em nosso país que um festival não teria mais aceitação do público?

Relembrando:
  • I Festival de Música Popular Brasileira - 1965 - TV Excelsior
  • Classificação:
  • 1º Lugar: Arrastão - Edu Lobo e Vinícius de Moraes - Intérprete - Elis REgina
  • 2º Lugar: Valsa do amor que não vem - Baden Powell e Vinícius de Moraes - Intérprete - Elizete Cardoso.
  • Festival dos Festivais - 1985 - TV Globo
  • 1º Lugar: Escrito nas Estrelas - Arnaldo Black e Carlos Rennó - Intérprete - Tetê Espíndola
  • 2º Lugar: Mira Ira - Lula Barbosa e Vanderley de Castro - Intérprete - Miriam Mirah
  • 3º Lugar: Verde - Eduardo Gudin e José Carlos C. Netto - Intérprete - Leila Pinheiro
Foram 20 festivais durante os anos de 1965 à 1985 transmitidos pela TV Excelsior, TV Record, TV Rio e Rede Globo, quantos talentos maravilhosos saíram desses festivais? Não valeria a pena repetir a experiência?

by Mari Martins

4 comentários:

Principe Encantado disse...

Bons tempos, bons festivais, quantos grandes compositores e cantores despontaram através deles.
Abraços forte

Mari Martins disse...

É verdade! Sinto falta de programas assim.
Beijos e até mais.

Marianne disse...

É que hoje em dia é muito complicado, porquê realmente muita coisa mudou. Não sou da época dos festivais, mas meus pais vivem reclamando a mesma coisa...

Encontrar artistas hoje, é feito através do youtube.
huAUAHUAIHIUAHAHIAHIAHAHIHAUIH

Abraços,
Mari

Mari Martins disse...

É Marianne, pior que é, rs.
Beijos e até mais.