sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A Paz



A Paz no Mundo começa dentro de mim quando
me aceito de corpo e alma e reconheço meus
defeitos, com muita paciência e calma.
E, em vez de me fragmentar em mil pedaços,
eu me coloco inteiramente no que penso,
no que sinto e no que faço.
Passageiro, no tempo e no espaço, sem nada
para levar que possa me prender, sem medo
de errar e com muita vontade de aprender.
A Paz no Mundo começa entre nós, quando
aceito teu modo de ser e de agir, sem
me opor ou resistir.
Quando reconheço tuas virtudes sem te invejar
ou me retrair. E faço das nossas diferenças
a base de toda a nossa convivência.
E, em lugar de te dividir em mil personagens,
consigo te ver inteiro, real, companheiros
da mesma viagem para o processo de
aprendizagem para "Ser Gente".
A Paz no Mundo começa quando as palavras se
calam e os gestos se multiplicam. Quando se
reprime a vergonha e expressa a ternura.
Quando se repudia uma doença e
enaltece a cura.
Quando se combate a normalidade que virou
loucura e se estimula o desejo de querer
ou tentar, melhorar a humanidade.
A Paz no Mundo começa quando desejamos
construir uma outra sociedade, com base
numa outra relação em que AMAR é
Regra e não mais uma exceção.


Autor desconhecido
Retirado do site www.usinadeletras.com.br
Foto by Mari Martins
 

3 comentários:

Samanta disse...

Olá minha querida amiga Mari !!!


Que belíssimo texto !!!
A Paz começa mesmo dentro de nós e segue pelo mundo através de nossas atitudes e pensamentos !
Adorei !!

Um beijo enorme no seu coração !

clau disse...

Muito bom de ler mesmo Mari, aaaaaah, como eu preciso dessa paz mundial, vou começar por mim, bjks e bom fim de semana!!!

Jucifer disse...

olá guria
perfeito não podemos
pedir paz sem estar em paz com nos mesmo
devemos sempre cultivar o amor
lindas palavras

bjo grande