terça-feira, 31 de agosto de 2010

Enxaqueca



Ontem eu abordei o tema "Dor de cabeça" num post e falei sobre como diferenciar enxaqueca de cefaleia tensional. Hoje eu quero falar um pouco sobre como a enxaqueca é desencadeada e como evitar as crises.

A enxaqueca é genética e causada por um desequilíbrio bioquímico no cérebro que atrapalha a ação dos neurotransmissores. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe), ela pode ser desencadeada por vários fatores e isso varia de pessoa para pessoa. Enxaqueca não tem cura mas pode ser controlada, sabendo o que lhe faz mal, você poderá evitar de consumir e assim evitar as crises.

Fatores que estimulam enxaqueca:
  • Stress - preocupação e trabalho em excesso, assim como situações de muita euforia e felicidade promovem uma descarga de hormônios que altera a atividade cerebral, isso pode deflagrar a dor.
  • Hormônios - a oscilação nos níveis de estrogênio explica a prevalência da doença nas mulheres, por isso muitas têm enxaqueca no período menstrual e muitas melhoram na gravidez e na menopausa, quando a produção de estrogênio cai.
  • Alimentos - segundo a Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), cerca de 15% das crises são deflagradas pela presença de tiramina no organismo, um produto do metabolismo de proteínas de queijos (principalmente os curados), iogurtes, amendoim, lentilha e chocolate. A tiramina dilata os vasos sanguineos do cérebro e provoca a dor. Outras substâncias como o açúcar, o aspartame, os nitritos (presente nos embutidos) e o glutamato monossódico também deflagram a dor.
  • Álcool - tem ação vasodilatadora e provoca a sensação de peso na cabeça. A cerveja e o vinho também possuem tiramina.
  • Café - em algumas pessoas causa a dor, em outras melhora a dor. É preciso observar.
  • Sono - tanto a privação de sono como o excesso, os cochilos a mais durante o dia ou no final de semana podem deflagrar a crise, o ideal é estabelecer uma rotina.
Lembre-se, com a devida orientação médica você poderá fazer o tratamento mais indicado, tomar o remédio correto e controlar a doença.

Saúde e bem estar para todos!

by Mari Martins
Fontes de pesquisa: JAMB/ABRAN/SBCe
Imagem by Google


Um comentário:

Josy Nunes disse...

Oi,
Mari,
amiga, belo post sofro de enxaqueca e me interesso por tudo que se refere a esse mal sem cura...Beijão no coração e fica com Deus