segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Medicina Sucateada


   


Pelo sétimo ano consecutivo, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) promoveu um exame facultativo para avaliar o desempenho dos estudantes de sexto ano das escolas médicas paulistas. Realizado em outubro por 418 acadêmicos, teve índice de reprovação de 46%.

O baixo percentual de acertos em campos essenciais da Medicina, como Saúde Pública (49% de acertos), Obstetrícia (54,1%), Clínica Médica (56,5%) e Pediatria (59,3%), foi um dos pontos que chamou a atenção.

Esses resultados comprovam mais uma vez, que o ensino das escolas médicas estão deficientes e que autorizar a abertura de novas vagas e a abertura de novas escolas sem a estrutura necessária para o ensino da medicina, só piora as coisas.

Não há como preparar um médico para a ação diária dentro de um hospital ou centro cirúrgico, sem possuir um hospital-escola na instituição de ensino. Isso é FATO!

by Mari Martins
Imagem by Google



Nenhum comentário: