quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Cura do Alzheimer pela ECP

 

Uma equipe de cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, está utilizando uma técnica conhecida como Estimulação Cerebral Profunda (ECP), que envolve a aplicação de eletricidade em certas regiões do cérebro. A técnica já foi testada e em dois pacientes, a área do cérebro associada à memória parou de ser deteriorada e voltou a crescer.
Não se sabe ainda com precisão como a técnica funciona. Sabe-se apenas, que a região do cérebro conhecida como hipocampo é uma das primeiras a encolher na pessoa afetada. Nela funciona o centro de memória. Danos a essa região produzem alguns dos primeiros sintomas do Mal: a perda de memória e desorientação. O grau esperado de encolhimento do hipocampo em pacientes com Alzheimer é em média 5% ao ano. Após 12 meses de estimulação, um dos pacientes teve um aumento da área 5% e, outro, 8%.
Para testar se a técnica está realmente funcionando e se assegurar de que o resultado obtido não foi um simples acaso, a equipe canadense vai realizar uma pesquisa maior. Mas os resultados conquistados nas pesquisas primárias, já demonstram que a técnica é promissora, podendo evitar e até mesmo curar milhares de pessoas que sofrem do Mal.
 
by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte: Descomplicando a Biotec - http://dbiotec.blogspot.com
 
 
 

Um comentário:

Franzé Gondim disse...

Senhores editores, gostaria de mais informações sobre esse tema, tenho muita fé em curar a minha mãe dessa terrível doença.
O meu e-mail para contato é: franzegondim@hotmail.com