terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Giardíase






A Giardíase é uma infecção por protozoários que atinge, principalmente, a porção superior do intestino delgado. A maioria das infecções é assintomática e ocorre tanto em adultos, quanto em crianças. A infecção sintomática pode apresentar-se de forma aguda com diarreia, acompanhada de dor abdominal (enterite aguda) ou de natureza crônica, com fezes amolecidas e de aspecto gorduroso, fadiga, anorexia, flatulência e distensão abdominal. Anorexia, associada com má absorção, pode causar perda de peso e anemia.
O agente etiológico é a Giardia lamblia, protozoário flagelado que existe sob as formas de cisto e trofozoíto. O cisto é uma forma infectante encontrada no ambiente. O seu principal reservatório é o homem e alguns animais domésticos como cães, gatos e castores. O modo de transmissão é fecal-oral e direta pela contaminação das mãos e consequentemente ingestão de cistos existentes em dejetos de pessoas infectadas; ou indireta, por meio da ingestão de água ou alimento contaminado. O periódo de incubação é de 1 a 4 semanas, com média de 7 a 10 dias e a transmissão se dá pelo período que persistir a infecção.

Complicações: Síndrome de má absorção.

O diagnóstico é feito pelo exame direto de fezes e essa é uma doença de distribuição mundial, mais prevalente em países subdesenvolvidos. Epidemias podem ocorrer, principalmente, em instituições fechadas que atendam crianças, sendo a faixa etária mais acometida situado entre 8 meses e 10 a 12 anos.
A Giardia lamblia é reconhecida como um dos agentes etiológicos da "diarreia dos viajantes" em zonas endêmicas. A infecção pode ser adquirida pela ingestão de água proveniente de rede pública, com falhas no sistema de tratamento, ou águas superficiais não tratadas ou insuficientemente tratadas (só por cloração). Também é descrita a transmissão envolvendo atividades sexuais, resultantes do contato oro-anal.

A questão da medida de controle da doença, se dá pela conscientização e por medidas relacionadas à higiene pessoal e saneamento básico. É preciso, principalmente nas regiões mais pobres, conscientizar as pessoas da importância de lavar as mãos após o uso do banheiro, por exemplo. Outra questão muito importante é com o preparado dos alimentos.

by Mari Martins
Imagem by Google
Fonte: Doenças Infecciosas e Parasitárias - Guia de Bolso - 8ª edição revista



Nenhum comentário: