quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Felicidade



Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue a sua alegria, a sua paz, a sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.
Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.
A razão de ser da sua vida é você mesmo.
A sua paz interior deve ser a sua meta de vida; quando sentir um vazio na alma, quando acreditar que ainda falta algo, mesmo tendo tudo, remeta o seu pensamento para os seus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe dentro de si.
Pare de procurar a sua felicidade cada dia mais longe.
Não tenha objetivos longe demais das suas mãos, abrace aqueles que estão ao seu alcance hoje.
Se está desesperado devido a problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares, busque no seu interior a resposta para se acalmar, você é reflexo do que pensa diariamente.
Pare de pensar mal de si mesmo, e seja o seu próprio melhor amigo, sempre.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar.
Então abra um sorriso de aprovação para o mundo, que tem o melhor para lhe oferecer.
Com um sorriso, as pessoas terão melhor impressão sua, e você estará afirmando para si mesmo, que está "pronto"para ser feliz.
Trabalhe, trabalhe muito a seu favor.
Pare de esperar que a felicidade chegue sem trabalho.
Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda.
Agradeça tudo aquilo que está na sua vida, neste momento, incluindo nessa gratidão, a dor.
A nossa compreensão do universo ainda é muito pequena, para julgarmos o que quer que seja na nossa vida.

Texto by Paulo Roberto Gaefke
Foto by Mari Martins


3 comentários:

Samanta disse...

Lindo !!
Depois de muito procurar a felicidade em lugares impossíveis aprendi que ela está conosco, em nosso bons momentos, gestos de carinho e paz interior !
Grandes verdades neste post ! Adorei !
Grande beijo minha querida amiga !

Jackie Freitas disse...

Mari, minha querida amiga!
Concordo com o texto! Acho que a felicidade mora dentro de nós e é nossa a responsabilidade de ser ou não feliz. Fica fácil passar esse dever aos outros, quando nós mesmos deveríamos estar cuidando cada vez mais do auto conhecimento para identificar a felicidade própria.
Grande beijo!
Jackie

Jorge Alberto disse...

A felicidade é como a gota de orvalho numa pétala de flor (Tom & Vinícius)