quarta-feira, 21 de julho de 2010

Loucura diferente

 

A obra de arte é um ato de loucura do criador. Só que germina como não-loucura e abre caminho. É, no entanto, inútil planejar essa loucura para chegar à visão do mundo. A pré-visão desperta do sono lento da maioria dos que dormem ou da confusão dos que adivinham que alguma coisa está acontecendo ou vai acontecer. A loucura dos criadores é diferente da loucura dos que estão mentalmente doentes. Estes, entre outros motivos que desconheço, erraram no caminho da busca. São casos para médicos, enquanto os criadores se realizam com o próprio ato de loucura.

Texto by Clarice Lispector
Foto by Mari Martins


Um comentário:

Francisco Castro disse...

Olá!

Texto maravilhoso dessa escritora fora de série. Muito bom.

Abraços

Francisco Castro