terça-feira, 11 de setembro de 2012

Cientistas criam peixe-robô que identifica poluição nos oceanos





Cientistas espanhóis criaram um peixe-robô que identifica, rapidamente, poluição nos oceanos. Equipado com sensores químicos que fazem, imediatamente, a análise do material coletado, o robô, denominado The Shoal Constortium, comunica as anormalidades diretamente às autoridades, indicando a localização da fonte de poluentes. O equipamento também pode se comunicar com outro e retorna automaticamente para a base quando acaba a bateria, que dura oito horas.


Imagem by Google
Fonte: Revista Ser Médico nº 60





Nenhum comentário: