quinta-feira, 2 de junho de 2011

Quando a paz reinará?



Conta a história que Sadako Sasaki tinha dois anos quando fora atingida pela chuva radioativa da bomba atômica. Aparentando, na época, estar normal, aos doze anos desenvolveu leucemia, decorrente da radiação recebida da chuva.
Sua melhor amiga contou-lhe a lenda do tsuru¹, propondo, então, que ela dobrasse mil tsurus, na intenção de obter a cura. Dobrando os pássaros, Sadako dizia a eles: "Eu escreverei "paz" em suas asas, e vocês voarão o mundo inteiro".
Mas ela não teve forças para dobrar os mil pássaros; havia dobrado novecentos e sessenta e quatro quando veio a falecer. Seus amigos de classe completaram os tsurus que faltaram a tempo para o enterro, iniciando, então, uma campanha nacional para construir um monumento em sua memória. Em 1958, três anos após a morte de Sadako, foi inaugurado o Monumento da Paz das Crianças, no Parque da Paz, em Hiroshima.
A história de Sadako ilustra bem a criatividade e a esperança das crianças ante o medo da guerra e da morte. Mas será que as atividades para se criar um mundo pacífico só estão nas mãos das crianças? Será preciso que mais bombas explodam para que o homem compreenda os desastres que ela causa?
Somente quando o ser humano acordar para a realidade é que o mundo poderá respirar a paz almejada.

¹Conta a lenda do tsuru que aquele que fizer mil dobraduras desse pássaro com o pensamento voltado para aquilo que almeja terá seu desejo realizado.

by Erica Midori Shimizu
Redação ganhadora da Exposição Hiroshima e Nagasaki, apresentada pela escola E.E. Profº Eulália Malta - Embu, em agosto e setembro de 2010.
Imagem by Google




Nenhum comentário: