terça-feira, 21 de junho de 2011

Hábitos de saúde da mulher brasileira


Estudo realizado pelo IBOPE Mídia entrevistou 18.884 pessoas entre agosto de 2009 e julho de 2010, todos com 18 anos ou mais. Entre outras informações, avaliou hábitos e comportamentos das brasileiras. O levantamento mostra que 80% das mulheres do país acreditam que é importante manter a forma física e que 79% pagariam qualquer preço para manter a saúde. No entanto, 65% admitem que, de vez em quando, quebram a dieta pelo prazer de comer alimentos que não deveriam.
Mesmo com tamanha preocupação com a forma física, as mulheres parecem estar cada vez mais sedentárias: somente 34% afirmaram praticar atividade física pelo menos uma vez por semana.
Outro dado preocupante é que apenas 49% admitem usar preservativos em novos relacionamentos, inferior inclusive aos homens que afirmaram adotar a prevenção, que totalizaram 52%. Além disso, 59% das brasileiras dizem que vão ao médico apenas quando se sentem realmente doentes. Esse número é menor do que aquele verificado entre os homens, que é de 64%, e menor inclusive que a média da população, 62%.
Quase metade das mulheres (47%) busca exclusivamente os serviços públicos de saúde e 46% procuram médicos por indicação.

Confira os demais dados obtidos no estudo:

  • Estou de acordo com as restrições aos fumantes - homens 67% - mulheres 72%
  • Eu me informo bem ao comprar prods. alimentícios - homens 55% - mulheres 65%
  • Confio na homeopatia e medicina caseira - homens 49% - mulheres 56%
  • Eu procuro ter dieta balanceada - homens 47% - mulheres - 56%
  • Devido a vida agita, não me cuido como deveria - homens 52% - mulheres - 53%
  • Quase sempre estou tentando emagrecer - homens 29% - mulheres - 40%
  • Sempre vejo o conteúdo nutricional dos alimentos - homens 29% - mulheres 39%
  • Não tenho tempo p/preparar refeições saudáveis - homens 40% - mulheres 35%
  • Sempre compro versões light/diet dos alimentos e bebidas - homens 20% - mulheres 26%
  • Sou vegetariano - homens 10% - mulheres 9%
by Mari Martins
Fonte: Target Group Index
Imagem by Google


Nenhum comentário: