quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Vacina contra DST


As doenças sexualmente transmissíveis (DST) são uma preocupação para os órgãos gestores de saúde. Apesar de as pesquisas mostrarem uma maior conscientização da população para a prevenção com o uso de preservativos, a cada ano aumenta o número de pacientes infectados por doenças de transmissão sexual. Felizmente, para algumas destas doenças, já foi possível desenvolver vacinas, como no caso da Hepatite B e do HPV. Entretanto, para outras doenças como a AIDS, os resultados ainda estão longe de aparecer.

A utilização de vacinas tem-se mostrado uma tendência nessa área, por isso os cientistas não poupam esforços em suas pesquisas, para desenvolver vacinas que sejam eficientes contra o Herpes (HSV), a Hepatite C (HCV), o Vírus da Imunodeficiência humana/aids (HIV) e a Chlamydia trachomatis, etc.

Bem, o desenvolvimento de vacinas para DST são uma necessidade, não há como negar, isso é fato! O que também não se pode negar, é que você é responsável pela sua vida, pela sua saúde e pela vida e saúde de outras pessoas, então, faça sexo seguro, use preservativos, se você foi infectado, procure um médico. Se você é HIV positivo e gestante, faça o pré-natal corretamente, tome os antirretrovirais, preserve-se e cuide bem do seu bebê para que ele não sofra com a Transmissão Vertical da doença.

Estima-se que 33,2 milhões de pessoas no mundo vivem atualmente com HIV. No Brasil, estima-se que existam 600 mil pessoas infectadas pelo HIV. Mais de 90% dessas novas infecções tiveram como causa relações sexuais sem proteção.

Pense nisso!

by Mari Martins
Imagem by Google


3 comentários:

Principe Encantado disse...

Muito boa informação, deveria ao invés de falar sobre camisinhas, deveriam pregar mais que a promiscuidade diminuísse.
Abraços forte

Jucifer disse...

olá guria
bem se isso sair do papel vai ser
um grande avanço!!!!

bjo grande

André Luis disse...

Se a maioria da pessoas tomassem cuidado, não haveriam muitas doenças sexualmente transmissíveis, por aí.