sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Flamenco

No post anterior eu falei sobre Leques e como ele foi incorporado na tradição espanhola, tanto como acessório da moda, como artefato de comunicação. Hoje eu quero falar um pouco sobre o Flamenco e como ele personifica a espanha. 

O Flamenco expressa de forma artítstica a cultura de Andaluzia, uma região que fica no sul da Espanha e foi povoada por ciganos. O Flamenco nasceu nos bairros pobres e mostrava por meio dos movimentos a essência do espírito livre desse povo, por isso foi transmitido pelas gerações durante muitos anos. Nas origens do Flamenco os ciganos costumavam se reunir para dançar e cantar e, dessa forma, extravasar as tristezas. Essas reuniões são até hoje conhecidas como Juergas e nelas o importante é ser espontâneo, livre e deixar as emoções e sentimentos falarem mais alto, exatamente como mostram os passos da dança. Hoje o Flamenco é a mais evidente expressão da cultura espanhola. Ao dançá-lo, especialmente a mulher, personifica a identidade do país inteiro. Sua história, suas alegrias, suas tristezas, suas vitórias, tudo resumido na figura de uma espanhola dançando Flamenco. Por ser impressionante e muito envolvente o Flamenco conquistou o mundo e juntou diversas influências na forma como é dançado atualmente: dança moderna, contemporânea e balé. Essa inovações transformaram o Flamenco na dança mais completa do mundo e ao dançar Flamenco a mulher espanhola demonstra toda sua força, determinação, sensualidade e personalidade.

by Mari Martins



Vídeo by YouTube

Nenhum comentário: