quinta-feira, 20 de maio de 2010

A ingrata evolução da comilança!

Quando se é criança tudo pode, ou quase tudo, no que se refere à alimentação. Tirando o álcool, à criança é permitido experimentar de tudo: balas, bolos, brigadeiros, somente depois do almoço, de sobremesa, quando tiver em casa. Se tiver irmãos ou priminhos por perto é certo que terá que dividir. Depois de cada doce tem que escovar os dentes. Na escola o lanchinho deve ser semelhante ao dos coleguinhas, para que os outros não fiquem com vontade. Pacotes de bolachas em frente à TV não são aconselhados, sopinha de legumes é melhor. Mas a criança gasta tanta energia e tem saúde tão boa! Sorvete dá dor de garganta e tosse, hamburguer é muito engordurado. As mães têm muito cuidado, seus filhos não podem ficar obesos e diabéticos senão ela não cuidou direito. Na faculdade é uma correria e o dinheiro é curto, noites gastonômicas em restaurantes famosos são quase impossíveis, tem provas, tem que estudar, aquela graninha que sobrou vai dar para o próximo livro e mais nada... À noite, em casa, repúblicas, ninguém sabe cozinhar. Brigadeiro, quem sabe não quer fazer porque engorda e ninguém quer ficar fora de forma na faculdade, afinal, quase ninguém se casou ainda. Então chega a tão sonhada idade adulta, não engordar para engravidar e quando acontece a gestação, não engordar e só comer coisas saudáveis pelo bem do bebê, ou apresentará gestação de alto risco cursando com obesidade, diabetes, hipertensão, cruzes! O bebê nasce, que felicidade!! Café, chá, chocolate, coca-cola e guaraná dão cólicas no bebê por causa da amamentação. Batatinha frita, azeitonas, pipocas, pizzas, etc têm muito sódio e também devem ser evitados pelo edema de membros inferiores durante o período da lactação. Cerveja e vinho nem pensar! Mas cerveja preta é bom, aumenta o leite! Mentira, tem álcool, passa para o leite e prejudica o bebê. Bom, agora os filhos estão pequenos e o exemplo é o melhor que os pais podem oferecer. Que criança vai pedir brócolis e vagem para o almoço se nem seus pais comem isso! Quando os filhos crescem e vão para a faculdade é uma alegria!! Estamos com uma média de 40 a 50 anos de idade!! Já temos emprego estável, casa própria, o carro já está pago, a poupancinha está rendendo um bocadinho!!! Bons restaurantes agora! Ah espera aí!!!! O metabolismo vai ficar mais lento, o colesterol vai subir, a gordura deve ser evitada, queijos, carnes gordas, frituras. O triglicérides vai juntinho, tiramos também os sorvetes, os bolos, os chocolates. O intestino vai ficando preguiçoso e é preciso ingerir fibras, arroz integral, feijão azuki, pães integrais, farelo de trigo... Estamos envelhecendo, então devemos prevenir a osteoporose. É fácil, ingerir 4 porções de folhas verdes ou leite desnatado ou iogurte desnatado por dia porque esses alimentos contêm boas quantidades de cálcio. Mas manteiga tem cálcio também! Mas tem colesterol! E para prevenir o envelhecimento também devemos eliminar radicais livres!! Frutas e mais frutas! As vermelhas contêm licopeno, as laranjas betacaroteno, as cítricas têm vitamina C. Para uma boa respiração e um pulmão saudável é preciso comer uma maçã por dia!! Os homens devem abusar dos tomates porque o licopeno previne câncer de próstata! As mulheres devem ingerir soja por causa da menopausa! Que delícia é a soja né! As enzimas hepáticas também já não são mais as mesmas e a cervejinha deve continuar de fora, assim como o vinho e demais drinks...

by Dra. Elaine K. Vasconcelos

2 comentários:

Marianne disse...

Comer, comer, comer... Queria tanto poder fazer isso igual eu fazia quando criança!
uaHUIAhiuHAHAUIHIAHUIAH

Abraços,
Mari.

IL disse...

Quando se é criança tudo é lindo. Não nos atemos a valores nutricionais, mas a satisfação do paladar apenas. era sempre uma delícia se empamturrar de bobagens, o que não faço mais nos dias de hoje.

Grande abraço.