sexta-feira, 21 de maio de 2010

Alimentos que ajudam na diminuição da ansiedade

Você sabia que existem alimentos que ajudam a diminuir a ansiedade? Pois é, lendo o livro "Mentes com Medo" da Dra. Ana Beatriz B. Silva descobri isso e, quero compartilhar essas informações com vocês porque acredito que a "Ansiedade" nos atrapalha muito no dia-a-dia.

Verduras: Acelga, espinafre, brócolis, couve, as folhas da beterraba e da mostarda contém minerais como cálcio, magnésio e potássio, que são importantes para melhorar o vigor físico, a resistência e a vitalidade. Muitas verduras são ricas em Vitamina C que é uma importante substância anti-estresse e entre elas estão a couve-de-bruxelas, o brócolis, a couve-flor, a couve-manteiga e a salsa.

Frutas: Morango, amora, framboesa, melão, laranja, uva, banana. O morango, a amora, a framboesa, o melão e a laranja são ricos em Vitamina C. A uva e a banana são fontes de cálcio e magnésio que também são essenciais para o bom funcionamento do sistema nervoso e da função muscular, são excelentes também porque contém potássio que é muito bom para fadiga excessiva e o inchaço dos membros.

Féculas: Batatas, batatas-doces e inhames são carboidratos leves, de fácil digestão e são fontes de proteínas. Aliviam a tensão nervosa, a ansiedade e são calmantes porque ajudam a regular o nível de açúcar no sangue.

Legumes: Feijões e ervilhas são excelentes fontes de cálcio, magnésio e potássio, necessários para o bom funcionamento do sistema nervoso, e têm propriedades de relaxamento emocional e muscular.

Cereais Integrais: São fontes de nutrientes estabilizadores do humor, como o complexo da Vitamina B, a Vitamina E, muitos minerais essenciais, carboidratos complexos, proteínas, ácidos graxos essenciais e fibra. Ajudam a estabilizar o nível de açúcar no sangue e, dessa forma, previnem os sintomas de ansiedade desencadeados pela hipoglicemia. O arroz integral e o milho são boas escolhas para pessoas com sintomas moderados de ansiedade. Nessa categoria também estão o trigo sarraceno e as alternativas exóticas, como a quinoa e o amaranto.

Sementes e Nozes: São fontes dos dois ácidos graxos essenciais, o ácido linóico e o ácido linolênico. Eles fornecem as matérias-primas de que o nosso organismo necessita para produzir os benéficos hormônios prostaglandinas. Níveis elevados desses ácidos são muito importantes na prevenção dos sintomas da TPM, menopausa, transtornos emocionais e alergias. As sementes que fornecem ambos ácidos graxos são a linhaça e as sementes de abóbora. As sementes de gergelim e a do girassol são excelentes fontes de ácido linolênico. Nozes e sementes são muito calóricas e de difícil digestão, principalmente se forem torradas e salgadas, portanto devem ser ingeridas em pequenas quantidades. 

Fonte: Mentes com Medo - Autor: Ana Beatriz B. Silva/Psiquiatra - Editora: Integrare - Ano: 2006

Nenhum comentário: