quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Mundo



O mundo
é mais largo e profundo
do que parece.
O poeta
é aquele
capaz de transver o aparente
e sentir
além do evidente.
O mundo
é vário e uno.
Há pedaços de cromossoma
comuns
em nós
e em todos os seres que habitam o planeta.
O mundo
tem alma única,
em comunicação constante,
inconsciente,
com tudo que existe.
Por isso é que percebemos coisas
que escapam aos sentidos e à razão
e só a alma sente.
Coisas assim,
como a empatia,
o sonho,
a emoção diante do belo,
o afeto,
o sentimento de Deus
e o amor.

Poema by Hudson Hubner França
Foto by Mari Martins




Nenhum comentário: