segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Cirurgia Bariátrica



O plenário do Conselho Federal de Medicina (CFM) irá aguardar novos estudos e pesquisas que justifiquem uma alteração na Resolução 1942/2010. A medida estabelece normas seguras para os tratamentos cirúrgicos da obesidade mórbida, define indicações, procedimentos e equipe.
Essa regra atual continua em vigor, sem alterações e não inclui ainda novas modalidades de cirurgia bariátrica. Para a entidade, técnicas recentes, como a gastrectomia vertical com interposição de íleo, ainda precisam de comprovações para serem autorizadas.
Se os resultados obtidos pela Câmara Técnica de Cirurgia Bariátrica do CFM, responsável por analisar os trabalhos desenvolvidos na área, indicarem que os novos procedimentos são seguros e eficazes, o debate poderá ser reaberto no sentido de oferecer outras opções à população.

by Mari Martins
Fonte de pesquisa: Jornal do Cremesp
Imagem by Google



Nenhum comentário: