segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Medo de Dentista





MEDO DE DENTISTA


Você tem medo de ir ao dentista?

"O medo é o mais antigo e fiel companheiro do homem e é o medo que nos faz conhecer nossas limitações e nos torna humildes." - Raquel de Queiroz.

Algumas pessoas apresentam uma reação de medo intenso só de pensar em ir ao dentista. No site de relacionamento Orkut, encontrei duas comunidades com números interessantes sobre o tema:

- Eu Odeio Ir Ao Dentista! com 26.614 integrantes
- Morro de medo de dentista com 629 integrantes

O medo é um sinal de alerta, com a ideia de nos proteger de algo, seja real ou imaginário. E com isso, a reação é intensa e, às vezes, paralisante. O medo dificulta (e muito!) a vida quando a principal ferramenta para lidar com ele é evitá-lo. As coisas em excesso não costumam fazer bem. O sofrimento causado pelo medo vai além dos pensamentos, das sensações psíquicas, é algo que se transforma em sintoma físico, muito parecido com o estresse. Estresse é uma reação do organismo (físico, mental, hormonal, etc.) que acontece quando há uma sobrecarga, uma necessidade intensa de adaptação, normalmente com situações de grande importância na vida pessoal ou profissional, podendo estar ligado a uma situação positiva ou mesmo negativa. O que for em excesso e sobrecarregar o organismo não é bom. As ações ficam prejudicadas e os resultados são insatisfatórios. A qualidade do que se faz fica consideravelmente comprometida. Com esse excesso, o corpo responde em seguida, e seu sinal de alerta são as doenças.

Para a cura do medo, seja ele qual for, é importante estabelecer metas viáveis para alcançar o objetivo desejado.

1- Converse com seu dentista sobre o que sente.
2- Tenha um profissional para lhe atender que você confie e sinta bem ao estar com ele.
3- Busque ajuda de um profissional qualificado para enfrentar e curar seu medo.
4- Saiba que medo tem cura.


Coluna No Divã - assinada pela Dra. Marisa Martins - Psicóloga - CRP: 06/30413-0.
Imagem by Google




Nenhum comentário: