segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Menopausa





MENOPAUSA

A menopausa ocorre por volta dos 45 a 55 anos de idade. Os ovários vão atrofiando e diminuindo a produção de hormônios. Com a diminuição dos hormônios ocorre uma irregularidade menstrual com períodos de amenorréia até que a menstruação pare por completo. Com a mudança hormonal vêm os sintomas desagradáveis da menopausa. As "Ondas de calor" são os mais relatados pelas pacientes. Algumas são privilegiadas e não apresentam quaisquer sintomas, além da amenorréia. Muitas reclamam da diminuição da lubrificação vaginal e da falta de libido. Ansiedade, irritabilidade e depressão podem aparecer em graus variados. Com a diminuição do estrogênio no organismo ocorre ainda o ressecamento da pele. O metabolismo é alterado e vai ficando mais lento e é por este motivo que a paciente tem mais facilidade para ganhar peso. A fixação de cálcio aos ossos também fica prejudicada com a falta do estrogênio e é mais comum a paciente apresentar osteopenia e osteoporose depois que entra na menopausa. O tratamento da menopausa associa atividade física, dieta equilibrada com atenção para o cálcio e a soja e medicamentos. Os medicamentos são diferentes para cada pessoa porque os sintomas variam muito de mulher para mulher. Geralmente, contêm os hormônios estrogênio, progesterona e testosterona. Quem já não tem mais o útero pode ficar sem a progesterona. A terapia hormonal tem importantes contra-indicações e deve ser avaliada sob o ponto de vista risco-benefício para a paciente. As contra-indicações mais comuns são: nódulos mamários de natureza a esclarecer, nódulos uterinos ou história de câncer de mama; tabagismo; história de trombose ou tromboembolismo, acidente vascular cerebral e doenças hepáticas. Com a adoção de hábitos de vida saudáveis, muitas pacientes não precisam da terapia hormonal e sentem-se muito bem. Em outros casos a reposição hormonal faz-se necessária para uma melhor qualidade de vida. De qualquer forma, há como mudar o quadro dos sintomas e ter uma menopausa absolutamente tranquila.


Coluna Saúde da Mulher - assinada pela Dra. Elaine K. Vasconcelos - Ginecologista, Obstetra e Mastologista - CRM: 101324.
Imagem by Mari Martins




Um comentário:

Aramehabil disse...

Super bacana seu texto , muito informativo e verdadeiro nota 10

http://www.aramehabil.com.br