quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Câncer de Mama



Projeto visa aumentar diagnóstico precoce

No lançamento da terceira edição do Outubro Rosa, com slogan "Sem investimento, o câncer de mama não tem tratamento", a FEMANA (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), chamou a atenção para a demora no início do tratamento da doença.

Para comprovar que é possível aumentar as chances de cura com um bom programa de gestão, a FEMANA divulgou resultados de um estudo da Prefeitura de Porto Alegre e do Hospital Moinhos de Vento, com apoio do Instituto Mama do Rio Grande do Sul (Imama). Aproximadamente nove mil mulheres acima de 15 anos, provenientes de postos de saúde da capital gaúcha, têm recebido o acompanhamento da saúde da mama desde o final de 2003. O programa presta atendimento completo focado na prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação de doenças da mama com máxima eficiência. Enquanto a média nacional é de 10% dos casos de câncer de mama diagnosticados no estágio I (tumor de até 2 cm), e quase 50% em estágios III e IV, neste projeto, até o momento, cerca de 55% dos casos têm sido identificados em estágio I.

Segundo a Maira Caleffi, presidente da FEMANA, o Brasil precisa de investimento em três aspectos:
  • Gestão do sintoma ou do achado na mamografia, com interação entre os postos de saúde e o centro de referência;
  • Constante capacitação dos profissionais da saúde e agentes comunitários, além do aprimoramento do serviço prestado;
  • Programas de conscientização para cuidados com a saúde na comunidade.


Maira Caleffi vai além, e afirma que em vista dos excelentes achados do estudo de Porto Alegre, que identificam a agilidade do atendimento, não podemos aceitar, como sociedade, a recente recomendação do Inca que determina o prazo de 60 dias para a paciente ter o diagnóstico de um nódulo palpável, pois os nódulos quando encontrados pela própria paciente, em geral já tem pelo menos 2 cm.


Mulheres, cuidem-se! Façam o auto-exame da mama regularmente e se notarem a presença de algum nódulo, dirijam-se imediatamente ao Mastologista.






Façam a mamografia mesmo achando o exame desconfortável, pois ela é uma grande aliada da nossa saúde!

by Mari Martins
Fonte: FEBRASGO
Imagem by Google

 

3 comentários:

Jackie Freitas disse...

Mari, minha querida!
Essa é o tipo de informação que deve ser amplamente divulgada!
Quanto mais informações as pessoas tiverem, quem sabe façam a prevenção e evitem que o câncer seja diagnosticado tarde demais, não é?
Grande beijo,
Jackie

vidarealdasam disse...

Olá queridíssima Mari !!

Importantíssima esta divulgação !!
Infelizmente esta doença afeta muitas mulheres e em alguns casos é fatal justamente pela atraso no diagnóstico e tratamento...
Eu fiz mamografia ano passado, é horrível, mas valeu a pena saber logo que um nódulo que eu tinha não era nada de mais...Farei periodicamente :)
Um beijão e parabéns pela inciativa !

aorigem disse...

Acho bastante bem que façam campanhas deste género e que divulguem as informações quanto à precaução e diagnóstico. Aqui em Portugal, o cancro da mama tem uma incidência bastante alta e, cada vez mais, é necessário estar atento a todos os sinais. Bom post. Abraço

http://aorigem.wordpress.com/