sexta-feira, 5 de abril de 2013

Dica Cultural


cabecalho_programacao_titanio
Cia Articularte. Eruma Vezeu

Teatro

Eruma Vezeu, o menino que abria portas
Com a Cia Articularte
O espetáculo mostra a história de um velho que conta e vive, de forma bem humorada, as aventuras de Eruma Vezeu, um menino que gostava de abrir portas para conhecer o seu quintal, a rua, o bairro e o seu mundo. Abrindo portas, Eruma Vezeu tem experiências divertidas e faz alguns amigos inseparáveis, entre eles o cachorro Trapo e o menino Lico. Juntos, eles aprontam muitas artes, para o desespero da vizinhança. 45min. Livre
6 de abril (sáb), 16h – BP Hans Christian Andersen
E se as histórias fossem diferentes?
Com a Cia Truks
A divertida história de um planeta cujos habitantes são exatamente como o público imaginar e desejar que sejam. Na apresentação é utilizado um interessante recurso técnico que mistura bonecos com desenhos que são produzidos ao vivo, em cena. O ator tem, à sua frente, uma versátil mesa de trabalho, equipada com lápis de cor, tintas e papéis de cores e texturas variadas. Conforme a história se desenrola, ele monta cenários, desenha situações e climas que, através de uma câmara de vídeo colocada sobre a mesa, são registradas e lançadas por um projetor em um telão onde, por sua vez, surgem figuras. Bonecos de sombras interagindo com as imagens projetadas. 50min. Livre
6 de abril (sáb), 11h – BP Belmonte
7 de abril (dom), 11h – BP Padre José de Anchieta
O-Parturião-Mettal-Well-redimensionado
O Parturião
Com o grupo A Ordem do Caos
Nesta comédia, João Teité e Matias Cão, dois matutos, aprontam várias para seus patrões muquiranas, envolvendo todos da vila em uma relação "Romeu e Julieta" para lá de estranha.
7 de abril (dom), 18h – BP Paulo Duarte e Acervo da Memória e do Viver AfroBrasileiro

Contação de Histórias

Palavras errantes
Com Emilie Andrade
Inspirada na obra do autor uruguaio Eduardo Galeano, Emilie Andrade narra histórias sobre as viagens que todos nós fazemos: as reais e as inventadas.+6.
8 de abril (seg), 10h – BP Jamil Almansur Haddad
Contando e Encantando Histórias
Com o Grupo Semeando e Espalhando Histórias
Narração de histórias infantis diversas, entremeadas por canções e brincadeiras. 50min. Infantil.
10 de abril (qua), 10h – BP Raimundo de Menezes
O Casamento da Emilia
Com Maria Cecília Coscia Graner
Obra de Monteiro Lobato em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil.
11 de abril (qui), 15h – BP Paulo Duarte
emilie

Cursos, Oficinas e Encontros

Palestra: Por que Contar Histórias nos dias de hoje?
Com Eliana Braga Aloia Atihé, graduada em Comunicação Social e Letras, mestre em Comunicação e Semiótica e Doutora em Educação.
Cada vez mais, o contador de histórias precisa compreender seu papel fundamental numa sociedade em crise, a partir de uma perspectiva psico-sócio-antropológica (e também mítica e cosmológica), que o auxilie a construir uma visão de mundo para nela ancorar sua experiência. É urgente seu envolvimento num projeto de proteção, reparação e ampliação da etnosfera, a rede cultural da vida a qual, tal como a biosfera, garante nossa existência como seres humanos. O encontro propõe uma revisão do papel do contador de histórias a partir dos desafios propostos por nossa época. Inscrições diretamente na biblioteca.
6 de abril (sáb), 9h30 – BP Hans Hans Christian Andersen
Meditação e Vida Saudável
Com a AGEACAC – Associação Gnóstica de Estudos Antropológicos e Culturais, Arte e Ciência
A proposta desta palestra é mostrar ao público os benefícios da meditação e autoconhecimento, auxiliares no aperfeiçoamento físico, mental, emocional e psicológico, levando o individuo a uma melhor qualidade de vida e bem estar integral.
6 de abril (sáb), 16h –BIJ Monteiro Lobato

Música

Samba Rock
Com Almir Bispo Cardoso e Ana Brasil
Vertente da musicalidade onde ocorre a junção entre o samba herdado do jongo com a música negra americana. Isto resulta no ritmo que explora e traduz o swing tropicalizado, com letras que abordam o cotidiano lírico e onírico, alegre e harmônico para todos nós que comungamos e vivenciamos nossa cultura abrasileirada e impregnada de africanidade.
6 de abril (sáb), 16h – BP Paulo Duarte e Acervo da Memória e do Viver AfroBrasileiro
MUSICA-Conjunto-Retratos_1361384443
Choro na Manhã
Conjunto Retratos
O Choro pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira. Música de arquétipos, que exige do músico domínio de seu instrumento e uma apurada percepção de códigos e senhas que se encaixam em gigantescos improviso. Todo primeiro domingo os amantes da boa música estão convidados a prestigiar o projeto e em cada apresentação, além do Conjunto Retratos, há sempre um convidado, incluindo a platéia, participando da apresentação que mistura música, poesia, história e entretenimento. Antes do recital há um café da manhã que é preparado especialmente para o público presente.
7 de abril (dom), 11h – BP Paulo Duarte e Acervo da Memória e do Viver AfroBrasileiro

Cinema

Biblioteca Pública Viriato Corrêa

Mestres do cinema japonês

Zatoichi. +16.
5 de abril (sex), 16h
O intendente Sansho. Livre.
5 de abril (sex), 18h
Depois da Vida. +12
6 de abril (sáb), 16h

Biblioteca Pública Roberto Santos

Estrangeiros de Hollywood: Parte I

21 Gramas.+16
5 de abril (sex), 19h
12 Horas.+12
7 de abril (dom), 16h
A Vila.+14
7 de abril (dom), 18h
21 gramas
blogger custom facebook twitter

Nenhum comentário: