quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

O poder do diálogo





O PODER DO DIÁLOGO


Conflitos são frequentes na vida cotidiana e no mundo corporativo.
Muitas vezes, ocorrem situações embaraçosas envolvendo chefes e subordinados, marido e mulher, empregados e empregados, enfim, situações estas que podem ser resolvidas facilmente e através de um diálogo franco e aberto, sem medo e respeitando o ponto de vista do outro.
O diálogo deve ser uma via de duas mãos, onde um deve ouvir o outro, sem interrupções e sempre considerando que cada cabeça pensa de um jeito, cada um têm um ponto de vista a defender. Mas lembre-se sempre de que em um diálogo deve prevalecer o respeito e a calma. 
A abertura de diálogo em situações difíceis é a melhor estratégia para resolver os problemas. Nas empresas, existem muitos problemas de comunicação. Saber ouvir é uma virtude e é um dos diferenciais para se ter sucesso em uma negociação. Isto se aplica tanto para nossa vida pessoal quanto para a nossa vida profissional.
Ouvir a voz interior também é muito importante, analisar cada ação tomada, usar a intuição e analisar friamente a situação: colocar-se no lugar do outro e tentar entender o seu ponto de vista.
No mundo corporativo, as empresas de maior sucesso são aquelas que ouvem os seus clientes e procuram atender as reais demandas do mercado. Portanto em um diálogo, é muito importante saber ouvir.
O problema é que atualmente muitas situações se complicam por falta de um diálogo franco e aberto. Um problema que poderia ser resolvido em questão de minutos, pode se arrastar por meses e ainda por cima macular um relacionamento interpessoal.
Nada melhor do que a comunicação verbal. Evite resolver situações complicadas e difíceis através de e-mails, mensagens ou telefones. Sempre que se deparar com uma situação difícil, onde envolve uma ou várias pessoas e tiver que tomar decisões, provoque o diálogo, esteja aberto para o que vier e procure chegar a um consenso. As ferramentas modernas de comunicação nos ajudam muito, mas jamais irão substituir o diálogo humano e o contato visual.
Quando for para um diálogo, vá desarmado. Procure dialogar com a outra pessoa, quando perceber que a mesma está em um dia calmo e com disponibilidade para conversar. Não force a situação, deixe o diálogo fluir, ouça com atenção o ponto de vista do interlocutor. A sua opinião não pode ser considerada como verdade absoluta.
Enfim, o diálogo e a comunicação no mundo moderno, devem ser praticados diariamente e sempre que a situação exigir. Devemos ser flexíveis, revisar conceitos, usar nossa intuição, refletir sobre o ponto de vista dos outros e acima de tudo saber respeitá-los. Só assim teremos uma vida tranquila e em harmonia, tanto no âmbito pessoal quanto no profissional.
Grandes conquistas em equipe, melhoria do fluxo de trabalho, delegação de poderes e tarefas, melhoria da qualidade de produtos e serviços, melhorias de processos, etc., surgem de simples diálogos e de conversas informais.


Coluna No Divã - assinada pela Dra. Marisa Martins - Psicóloga - CRP: 06/30413-0.
Imagem by Google




Nenhum comentário: