segunda-feira, 19 de abril de 2010

Segunda-feira

Cultivando a saúde do corpo e da mente

Se nos deixarmos envolver pelo turbilhão do cotidiano, pela forma mecânica com que repetimos os mesmos gestos a cada dia, se não encontrarmos um espaço para nos voltarmos para dentro de nós e refletir, as chances de felicidade diminuem.
À medida que as atingimos, passamos a irradiá-las em torno de nós, com reflexos extremamente positivos em nosso mundo mais próximo e, de forma misteriosa, em todo o universo.

Louise Hay

Nenhum comentário: