segunda-feira, 19 de abril de 2010

Musculação X Yoga

Passando por um processo de mudanças e avaliações físicas, me deparei com o confronto entre Academia X Yoga e achei interessante que muitas academias não considerem o Yoga como atividade física.
A "Musculação", nada mais é do que a "Hipertrofia Muscular", o aumento do volume muscular em função de exercícios com movimentos e carga, feitos com peso ou aparelhos. O que se faz antes e depois de um treino de musculação? Alongamento!

O "Yoga" preconiza que a saúde muscular está associada ao alongamento de suas fibras e a promoção da força da musculatura. A única diferença, é que nesse caso não há aumento muscular, não há hipertrofia.

O antagonismo entre as práticas é que, os que buscam a Musculação, buscam o corpo perfeito, a forma perfeita, os músculos, a beleza física em si, e os que buscam o Yoga, buscam harmonia entre o corpo e a mente, trabalham a auto-estima para fomentar equilíbrio psiquico e emocional e não necessariamente a beleza física.

Bem, chegamos ao ponto. Ambas podem ser praticadas pela mesma pessoa e ambas são atividades físicas! Pratico Yoga desde janeiro de 2009 e hoje tenho muito mais equilíbrio físico e mental, tenho flexibilidade, músculos saudáveis e ao contrário do que pensam, praticar Yoga não é sentar-se num colchonete, colocar um Mantrinha e fazer uma meditaçãozinha, transpira-se muito e alonga-se muito numa aula de Yoga e devo confessar, ao final da aula, sinto-me renovada.

Onde quero chegar com isso? Por necessidade fui levada a praticar Musculação, apesar de não morrer de amores por ela, mas meu corpo necessita de uma manutenção maior, hoje faço três treinos aeróbicos por semana, dois de musculação e aos sábados pratico Yoga. Aprendi uma coisa com isso tudo, por "necessidade" meu corpo exige as três atividades hoje, "preciso emagrecer", "preciso de resistência física", "de um coração forte" e "de uma alma tranquila e feliz", sou jovem, não pretendo obter um corpo escultural, só quero ser saudável e viver muito!

Que antagonismo, que nada?!

Nenhum comentário: