quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Boas novas para pacientes com lesão medular

Mais autonomia
Aplicada pelos Departamentos de Ginecologia e de Neurologia da Universidade Federal Paulista  – Unifesp-EPM e pelo Hospital São Paulo, técnica inédita no Brasil possibilita maior mobilidade aos pacientes com lesão medular. É implantado, por meio de laparoscopia – cirurgia pouco invasiva –, um neuroestimulador ligado a nervos responsáveis pelo controle das pernas, bexiga, reto, uretra e ânus. Os estímulos elétricos melhoram o controle urinário e da espasticidade. Com exercícios de fisioterapia, o paciente pode também ganhar massa muscular e melhorar a mobilidade nas pernas. Assista ao vídeo explicativo: https://www.dropbox.com/s/43ibl5q34g1dov5/LION%20Procedure.mp4

Fonte: Revista Ser Médico nº68





Nenhum comentário: