quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Amamentação



O incentivo à criação de salas de amamentação nas empresas

Mais de 34% das mães brasileiras que voltam ao trabalho no Brasil interrompem o aleitamento.

O Ministério da Saúde (MS) convidou cerca de 200 empresários para sensibilizá-los sobre a importância do aleitamento materno e incentivá-los a criar Salas de Apoio à Amamentação nas empresas. Os participantes puderam conferir um protótipo de sala de apoio à amamentação, exposto do hall do auditório durante o evento.
Para o ministério, a participação crescente da mulher brasileira no mercado de trabalho não deveria privá-la de amamentar seu filho. No entanto, mais de 34% das mães brasileiras que voltam ao trabalho no Brasil deixam de fazê-lo.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a amamentação por até 2 anos de idade ou mais, desde que complementada por outros alimentos adequados à nutrição do bebê a partir dos 6 meses.

Essa iniciativa traria muitos benefícios para as mães que estão amamentando e para os empresários. Creio que o custo benefício seria bom, ambos ficariam satisfeitos, os empresários teriam uma melhor adesão ao trabalho e as mães se sentiriam mais seguras e satisfeitas em continuar amamentando seus filhos. Por sua vez, os bebês é que seriam os grandes beneficiados, pois todos sabemos que amamentação é sinônimo de saúde.

by Mari Martins
Fonte: Ministério da Saúde
Imagem by Google


2 comentários:

Principe Encantado disse...

Muito boa, as empresas deveriam ter um lugar reservado. Seria pontual esta criação.
Abraços forte

vidarealdasam disse...

Olá querida Mari !!!

Puxa que bela iniciativa do Ministério da Saúde !
Sem dúvidas uma ação como esta só traria benefícios, aumento da produtividade por trazer satisfação às funcionárias e uma enorme ajuda na saúde das crianças que não seriam mais privadas da amamentação.
Espero que isso dê bons frutos !

Um grande beijo !!!