terça-feira, 12 de novembro de 2013

Salpingite Aguda




SALPINGITE  AGUDA

É uma inflamação nas trompas. Os microorganismos que causam a inflamação chegam às trompas através da vagina e do colo do útero. Atualmente, a salpingite é considerada uma doença sexualmente transmissível (DST). Tal doença ocorre por diversos microorganismos diferentes, é de difícil diagnóstico pela variedade de sintomas e pode ter consequências graves como infertilidade, gestação ectópica (nas trompas) e dor pélvica crônica. Os agentes causadores mais frequentes são a Clamídia e o gonococo. Suspeitamos de salpingite quando a mulher refere dor pélvica de início recente e tem vida sexual ativa. Além da dor, a paciente pode relatar corrimento vaginal e febre. Os exames a serem solicitados incluem hemograma (onde observamos aumento de leucócitos); VHS; PCR; Urina I; Urocultura; Tomografia de pelve e Ressonância magnética. Exames mais invasivos incluem a coleta de amostra de endométrio e laparoscopia. A ultrassonografia também pode ajudar, inclusive, a descartar outras patologias que tenham sintomas semelhantes. O tratamento deve ser iniciado o mais precocemente possível. De acordo com a gravidade do quadro, o tratamento pode ser hospitalar ou ambulatorial. Como existe uma diversidade de agentes patogênicos, optamos pela associação de antibióticos. Os esquemas mais recomentados atualmente incluem: ceftriaxona + doxiciclina + metronidazol ou levofloxacina + metronidazol. A utilização do metronidazol é controversa e não se torna obrigatória para casos leves. Nas pacientes que permanecem com sintomas, após 48h de antibiótico, devemos seguir com a investigação realizando laparoscopia. Em se tratando de uma DST, o(s) parceiro(s) também deve(m) ser tratados. A oclusão tubárea pode ocorrer em 11% dos casos, quando se trata do 1º episódio e em até 50% dos casos, após o 3º episódio.


Fonte: Terapêutica em Ginecologia/Unifesp/1ªed. 2012.


Coluna Saúde da Mulher - assinada pela Dra. Elaine K. Vasconcelos - Ginecologista, Obstetra e Mastologista - CRM: 101324.





Nenhum comentário: