quarta-feira, 3 de julho de 2013

Prolapso Uterino




PROLAPSO UTERINO


O prolapso acontece quando o útero "cai" no canal vaginal. O útero está localizado na pelve, à sua frente está a bexiga e atrás, o reto. O útero é preso na pelve por músculos, fáscias e ligamentos. No final do canal vaginal está o colo uterino. Algumas vezes, por uma insuficiência desses elementos de sustentação, o útero desloca-se para o canal vaginal até sair totalmente pela vagina. As causas mais comuns para o prolapso são: múltiplos partos, perda do tônus muscular próprio do avançar da idade, perda do hormônio estrogênio, também comum no climatério. Os agravantes são a obesidade, a obstipação intestinal e o ato de pegar excesso de peso. Estes fatores forçam a pressão no útero para baixo e, somados ao enfraquecimento dos músculos e ligamentos, favorecem o prolapso uterino. Por todos esses motivos, é muito mais comum nas mulheres idosas. Os sintomas são relatados pelas pacientes como uma sensação de "bola" saindo pela vagina, pior quando se faz esforço. Isso vai causar dor para urinar, evacuar e dispareunia (dor às relações sexuais). O grau do prolapso pode ser classificado em 3 partes: 1º grau: quando o útero avança pelo canal vaginal, mas não chega à vulva; 2º grau: quando o útero chega até a saída vaginal, mas não sai e 3º grau quando o útero saí totalmente fora da vagina. O tratamento depende do grau, mas inclui exercícios para o fortalecimento dos músculos da pelve, estrogenioterapia local e cirurgia. No 3º grau é indicada a histerectomia vaginal, onde a paciente é submetida à anestesia, geralmente a raqui e o útero é retirado pelo canal vaginal. Lembramos que a histerectomia vaginal não é somente indicada para úteros com prolapsos, podendo ser realizada mesmo sem o prolapso. Tudo vai depender das condições físicas das pacientes, do desejo de engravidar e do grau do prolapso.


Coluna Saúde da Mulher - assinada pela Dra. Elaine K. Vasconcelos - Ginecologista, Obstetra e Mastologista - CRM: 101324.
Imagem by Mari Martins




Nenhum comentário: