quinta-feira, 4 de maio de 2017

Adorei essa novidade!



Um grupo de brasileiros, que reúne desenvolvedores de softwares e um sociólogo, resolveu combater a corrupção criando uma plataforma, apelidada de Rosie (inspirado no desenho “Os Jetsons”), para identificar como os deputados federais utilizam a verba pública. A iniciativa – financiada por crowdfunding (financiamento coletivo) – analisa, por exemplo, pagamentos feitos em curto prazo em cidades muito distantes, compras feitas fora de Brasília enquanto o deputado discursava em plenário, valores considerados acima do normal e outras contradições. Em novembro último, no primeiro teste, Rosie identificou 40 anomalias, das quais nove foram reconhecidas pela Câmara como mau uso de verba, como 13 almoços no mesmo dia reembolsados a um deputado de Santa Catarina.

Fonte: Revista Ser Médico nº 78



Nenhum comentário: