quinta-feira, 4 de maio de 2017

Adeus computador?!




São raras as pessoas que ainda utilizam o computador para acessar as redes sociais após a revolução tecnológica proporcionada por smartphones e tablets, que possibilitaram o acesso mais rápido à informação, conteúdos e filmes, entre outros. O computador ficou restrito a algumas atividades específicas. E, se depender do novo processador Snapdragon 835, a transição de praticamente todas as atividades para o celular está próxima.  O aparelho, desenvolvido por uma empresa norte-americana, tem chip de 10 nanômetros (tamanho equivalente a 0,000001 cm), octa-core (oito núcleos) e velocidade máxima de 2,45 GHz. Traduzindo: a mudança significa, entre outras possibilidades, um processador 35% menor, que usa 25% menos energia, roda novos programas e consegue carregar cinco horas de bateria em cinco minutos.

Fonte: Revista Ser Médico nº 78


Nenhum comentário: